Atlas dos Feminicídios

Feminicídios e tentativas de feminicídio no Rio Grande do Sul

Violência contra a mulher  >  Feminicídios  >   Atualizado em 13 de janeiro de 2020



APRESENTAÇÃO

O ATLAS DOS FEMINICÍDIOS surgiu da inquietação de pesquisadoras, que participam do Grupo de Pesquisa sobre Violência e Cidadania, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), para construção de uma ferramenta acessível, que permitisse a visibilidade do fenômeno, os feminicídios, para o conjunto da sociedade.

O termo FEMINICÍDIO buscou relacionar a situação da vitimização de mulheres, motivada pelo subjugamento da condição feminina (ou de gênero), com intuito da criação de políticas de repressão e prevenção a este crime.

Apesar da ampla complexidade das questões relacionadas à categoria gênero, a morte violenta de mulheres nessa circunstância é um dado objetivo, verificado nas estatísticas criminais. A visibilidade desse fenômeno é de suma importância para o debate e para a construção de políticas públicas de enfrentamento da violência contra a mulher e dos feminicídios.

O Atlas oferece subsídios sobre as vítimas de feminicídios, apresentando um panorama do fenômeno no mundo, e como este está distribuído espacialmente no território do Rio Grande do Sul, a partir de diferentes óticas regionais, considerando as divisões político-administrativas municipais e as regionalizações empregadas para fins de planejamento no Estado.

As regionalizações do RS apresentadas no Atlas compreendem: os 497 municípios; as 7 mesorregiões e as 35 microrregiões, que são divisões geográficas definidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); os 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), que constituem um fórum de discussão voltado para a promoção de ações para o desenvolvimento regional, formalizados em lei; as 2 regiões metropolitanas e as 2 aglomerações urbanas do estado, que foram estabelecidas pela legislação como regiões de planejamento.

Conforme as estimativas populacionais, em 2018, o Rio Grande do Sul alcançou uma população feminina de 5,8 milhões de mulheres, residentes nos seus 497 municípios, que abrangem uma área territorial total de 268.689,258 km² (Seplag-RS; IBGE, 2019).




A extensa área territorial e o elevado número de divisões municipais, faz com que o RS apresente disparidades persistentes na distribuição do bem-estar entre as diferentes regiões, que se desenvolveram sob os aspectos econômicos e sociais de forma desigual.

Nesse contexto, a criminalidade, enquanto fenômeno social, tende a não ocorrer uniformemente dentro do território, e as políticas públicas de enfrentamento às desigualdades regionais e à promoção da equidade na distribuição do bem–estar devem considerar a variabilidade espacial desses fenômenos.

CONTATO: atlasdosfeminicidios@atlasdosfeminicidios.com

FEMINICÍDIOS 2020

Até a segunda quinzena de fevereiro de 2020 foram registrados 12 feminicídios. Entre as vítimas, seis foram mortas pelos maridos/companheiros, quatro pelos ex-maridos, uma pelo ex-namorado e uma por um desconhecido, que não tinha nenhum relacionamento com a vítima. A maior parte dos autores (8) se suicidou após cometer o crime. A arma de fogo foi utilizada em 6 dos assassinatos e a arma branca em 5 casos. O horário de maior incidência foi no turno da manhã, sendo que três mulheres foram mortas nas primeiras horas da manhã, quando se deslocavam para o trabalho. Contudo, 8 vítimas foram mortas dentro de casa.



Últimas notícias

  • 12/2020

    Por Rádio Studio, 13/02/2020: Homem mata mulher a tiros e comete suicídio em Lagoa Vermelha

    Um desentendimento entre casal resultou na morte de duas pessoas na noite dessa quinta-feira (13), em Lagoa Vermelha, região nordeste do estado, nos Campos de Cima da Serra

  • Por G1, 10/02/2020: Feminicídios no Rio Grande do Sul triplicam em janeiro deste ano

    Foram 10 mortes de mulheres por questões de gênero no último mês, contra três em janeiro de 2019. Casos recentes, citados no levantamento, ocorreram em Erechim, Parobé, Porto Alegre (2), São Leopoldo, Campo Bom, Canela, Nova Petrópolis, Torres e Venâncio Aires.

  • 11/2020

    Por Rádio Acústica, 10/02/2020: Homem mata ex-mulher e comete suicídio em Dom Feliciano

    Mulher foi morta com uma facada no pescoço na manhã deste domingo

  • Por GaúchaZH, 04/02/2020: Homem atira na ex-mulher e se mata em Lajeado

    Ela foi encaminhada ao hospital e está estabilizada, sem risco imediato de morrer

  • 10/2020

    Por Jornal-TV Bom Dia, 31/01/2020: Homem teria matado companheira e cometido suicídio em Erechim

    Um suposto feminicídio seguido de suicídio foi registrado na manhã desta sexta-feira (31), em Erechim.

  • 9/2020

    Por Correio do Povo, 30/01/2020: Mulher é morta a tiros, num suposto feminicídio em Torres

    Uma mulher, identificada pela Polícia Civil como Neila Roldão Scheffer, 33 anos, teria sido morta pelo companheiro no final da tarde desta quinta-feira, na rua Dona Olizia, no bairro São Braz, em Torres, no Litoral Norte.

  • Por Jornal O Sul, 29/01/2020: Durante julgamento, mulher beija homem que tentou matá-la a tiros no RS e diz que pretende reatar o relacionamento

    O Tribunal do Júri de Venâncio Alves condenou a sete anos de prisão em regime semiaberto, na terça-feira (28), Lisandro Rafael Posselt, 28 anos, acusado de tentar matar a então namorada, Micheli Schlosser, 25 anos, em agosto do ano passado.

  • 8/2020

    Por Jornal VS, 29/01/2020: Mulher é morta a tiros e homem baleado em São Leopoldo

    Caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira no bairro Santos Dumont.

  • Por Folha de Canela, 24/01/2020: Assassino de ex-mulher é encontrado morto em Nova Petrópolis

    O corpo de Dirceu Miguel Groth, 35 anos, assassino de Rosane Marlise Birk Groth, 37 anos, foi encontrado hoje (24).

  • Por O Diário Santa Maria, 21/01/2020: Mulher trans é morta em Santa Maria

    Crime teria acontecido há cerca de três dias, mas corpo só foi localizado nesta terça.

  • 7/2020

    Por Jornal NH, 20/01/2020: Idoso mata companheira a facadas em Parobé

    Casal vivia juntos há cerca de 20 anos; Polícia Civil investiga o caso.

  • 6/2020

    Por Jornal NH, 16/01/2020: Idoso mata companheira e comete suicídio em Campo Bom

    Crime envolvendo homem, de 82 anos, e mulher, de 67, aconteceu na Rua Nazarena Stein, no bairro Firenze.

  • 5/2020

    Por O Diário da Encosta da Serra, 20/01/2020: Polícia diz que feminicídio praticado em Nova Petrópolis foi premeditado

    Nova Petrópolis – A Polícia Civil acredita que o crime ocorrido na manhã desta segunda-feira, 20, na estrada do Pinhal Alto, onde Rosane Marlise Birk Grorh, de 37 anos, foi morta por golpes de faca, foi planejado com antecedência.

  • 4/2020

    Por Correio do Povo, 11/01/2020: Mulher é morta a tiros em supermercado, em Canela

    Uma mulher de 45 anos, identificada como Rosilene Cândida da Silva, foi morta a tiros dentro de um supermercado de Canela, Serra Gaúcha, no fim da manhã deste sábado.

  • Por Correio do Povo, 09/01/2020: RS tem redução de feminicídios em 2019

    O número de assassinatos de mulheres por razão de gênero, o feminicídio, reduziu de 116 para 100 casos registrados no Rio Grande do Sul em 2019, em comparação ao ano anterior.

  • 3/2020

    Por Gaúcha ZH, 08/01/2020: Mulher morre no hospital após ser agredida com bomba de chimarrão em Porto Alegre

    Uma mulher de 34 anos foi morta na zona norte de Porto Alegre após ser agredida na manhã de domingo (5) com chutes e até mesmo golpes de bomba de chimarrão.

  • 2/2020

    Por G1 RS, 07/01/2020: Mulher é morta a tiros no interior de Venâncio Aires; polícia investiga possível feminicídio

    Vera Sirlei Kersch Paz estava desaparecida desde a quarta-feira (1º). Corpo foi encontrado por familiares da vítima. Mulher estava ainda com arame e pano em volta do pescoço.

  • 1/2020

    Por G1 RS, 03/01/2020: Mulher é encontrada morta com as mãos amarradas em terreno baldio de Porto Alegre

    A Polícia Civil investiga um possível feminicídio seguido de suicídio ocorridos em Venâncio Aires e em Passo do Sobrado, no Vale do Rio Pardo, na manhã desta terça-feira (7).

  • Por Correio do Povo, 13/12/2019: Mulher morre após ataque com ácido em Caxias do Sul

    Uma jovem de 24 anos morreu, na manhã desta sexta-feira, no Hospital Pompeia de Caxias do Sul, na Serra, em decorrência de graves ferimentos provocados por um ataque com ácido.

  • Por Gaúcha ZH, 12/12/2019: Líder do movimento LGBT+ de Santa Maria morre após ser esfaqueada

    Uma das líderes do movimento LGBT+ de Santa Maria, a transexual Verônica Oliveira, 40 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (12) no Hospital Universitário da cidade.

  • Por Diário Gaúcho, 04/12/2019: Suspeito de assassinar ex-companheira com tiro na cabeça é preso no Litoral Norte

    Suspeito de ter assassinado a ex-companheira com um tiro na cabeça, Brendon Henrique da Silva Mechelewski foi preso preventivamente nesta terça-feira (3).

  • Por Débora Padilha, RBS TV, 02/12/2019: Morre mulher que sofreu tentativa de feminicídio em hospital de Passo Fundo

    Ex-companheiro foi preso na última sexta-feira (29), após denúncia de que teria tentado asfixiá-la dentro do hospital. Delegacia vai apurar se morte tem relação com agressão.